Segunda-feira, 30 de Julho de 2007

Banhados…

… em suor foi o melhor que se arranjou, porque banhos nem vê-los!

 

Com tanto calor (chegou aos 41.5º C) só apetecia mesmo pôr a cabeça debaixo de água.

 

 

Que felizmente havia com fartura!

 

 

Embora a mais desejada não estivesse em condições! Tanta água e não dava para tomar um banho!

 

 

Nem para molhar os pés.

 

A “fome” de água era tanta que até se experimentou a água das Termas para tentar refrescar. Só que... a água das Termas é quente, muito quente!

 

 

Mas tirando o calor(!) a caminhada correu normalmente. Ou seja... perdemo-nos várias vezes!!!

Mas havia sempre razões para isso. Claro!

Primeiro o caminho ia direito a uma casa. Como é que íamos adivinhar que era mesmo por ali? De certeza que era por outro caminho. Que não existia mas que nós tentámos abrir à força por entre os fetos. De certeza que é por aqui!!!

 

 

E quase conseguíamos, se não fosse uma pessoa da casa avisar que não era mesmo por ali! Sabe-se lá por onde andaríamos agora! Se calhar até tínhamos conseguido ir ao banho!

 

Depois foi um entroncamento com 5 (cinco) possibilidades! Um estava marcado com uma cruz, por isso não era por alí, embora houvesse dúvidas! Para os outros foram enviados exploradores para verificar se havia marcas.

 

 

E como é habitual nestas situações, o percurso seguia pelo caminho menos provável… mas desta vez acertámos!

 

 

Por fim, após uma visita turística aprofundada à aldeia de Serrazes (passámos várias vezes pelo mesmo sítio!), achámos melhor recorrer a um guia local para poder enfim… sair dali!

 

 

Após longas (muito longas…) explicações, um café e respectivo bagaço, lá conseguimos perceber qual era o caminho dali para fora! Com pena de não termos tempo para apreciar a gastronomia local!

 

 

Portanto foi uma magnífica caminhada com todos os ingredientes que fazem dos Domingueiros uma referência no domínio da organização de um dia bem passado em óptima companhia, sejam quais forem as dificuldades que apareçam no caminho.

 

publicado por montanhasdepreguica às 19:37
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quinta-feira, 26 de Julho de 2007

Domingueiros a banhos!

Outra vez???!!!

Mas quantos banhos é que vamos tomar este ano? Ainda por cima em termas com águas sulfurosas apropriadas, dizem, ao tratamento do reumatismo!!!

Pois é, a idade não perdoa!

 

 

Mas as Termas de S. Pedro do Sul estão apostadas em inverter o conceito de que as termas são para os velhos.

Para isso criaram o programa “Termalismo Júnior”, com uma revista e duas mascotes!!!

 

 

 

Com efeito, foram desenvolvidas duas mascotes ligadas à história das Termas: "Afonsinho", numa alusão clara ao primeiro rei de Portugal a tratamentos das Termas, e "Amélinha", a ultima Rainha de Portugal a frequentar a estância Termal. A finalidade do Programa de Termalismo Júnior é tornar a permanência das crianças no centro termal mais agradável, quer elas estejam a fazer tratamentos ou simplesmente a acompanhar os pais ou avós.

 

Ah! Agora percebi! È para os avós levarem os netinhos e não chatearem muito.

 

Mas vamos ao que interessa.

 

 

O percurso chama-se “Rota do Castro do Banho”. E o que é o Castro do Banho, perguntam vocês?

 

O Castro do Banho “situa-se a escassas centenas de metros das termas de S. Pedro do Sul, na margem direita do Rio Vouga.

«encontram-se à vista mais de trinta casas dispostas em socalcos correspondentes às curvas de nível, quase todas escavadas na rocha.

As habitações são de planta circular, oval e quadrangular».

(In Património Arquitectónico e Antropológico Classificado, p. 51).

Pensa-se que foi daqui que os romanos partiram para a construção do Balneum, que deu o nome à povoação, mais tarde denominada de Caldas de Lafões, depois de Caldas da Rainha D. Amélia e por fim Termas de São Pedro do Sul.”

 

 

O percurso inicia-se em S. Pedro do Sul junto ao INATEL (muito apropriado!) e segue até Vouzela. O regresso vai fazer-se por uma estrada romana acompanhando o Rio Vouga.

 

 

E pronto, não se esqueçam da toalha e toca a andar!

 

publicado por montanhasdepreguica às 15:22
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Julho de 2007

Poesia Domingueira

Antes de falarmos da próxima caminhada, tenho de voltar à anterior.

Porque não pode ficar sem uma referência o magnífico relatório da Caminhada Nocturna. Além de relatar fielmente as peripécias do percurso, é em verso!!!

 

Data e hora estavam marcadas
Francelos era a estação
a viagem seria até Espinho
e fomos no "Quim" com emoção!

A temperatura estava amena,
o ceu enublado
Espinho sem escuridão
estava ao rubro, iluminado!

Começamos (quase) à meia noite
numa leve pedalada
quando entrámos no passadiço
começou a caminhada...

Não éramos muitos,
nem sei bem quantos contar
mas a fotografia da praxe
Decerto nos vai ajudar

Espinho ainda rendeu
muitas luzes "no ar"
a seguir veio Granja,
Aguda e Miramar

Nos entretantos um episódio
que merece descrição
o passadiço estava fechado
com um "singelo" e feio portão

Mal se tocou no objecto
desmantelou-se totalmente
o securita a "mandar vir"
Logo vi: estava carente!

Ainda abalou o nosso ritmo
mas depressa se retomou
havia uma meta a alcançar
e nem o securita a transtornou!

A combinação céu e mar
continuava de arrasar
aquela noite surpreendente
estava quente, sem luar...

Pelos lados de Miramar
(como muitos disseram) vimos a luz do Senhor
Lá no mar iluminada
A Igreja da Pedra, no seu esplendor!

Alguns entusiasmaram-se
E subiram a escadaria
De repente ficou mais frio
Não sei se foi (mesmo) bruxaria… ;)

Chegamos duas e pico
Toca a descansar a perninha
Uns molharam o pé a ouvir karaoke
Outros falavam debaixo da morrinha...

Em suma uma noite diferente,
Espectacular, serena, saudável
Decerto nas nossas cabeças
Um pensamento: Admirável!

 

 

A sua autora foi a “manela”

(nome de código, claro!)

Que além de dotada é sorridente

Como se pode ver no retrato!

 

Enfim, foi a minha tentativa…

…isto não rima, porquê? 

publicado por montanhasdepreguica às 15:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 17 de Julho de 2007

Domingueiros às escuras

Claro que fazer uma caminhada de noite é o mesmo que fazê-la de dia, mas sem luz! Daí as fotos terem saído um bocado escuras! Mas garantimos que estivemos mesmo na praia e fizemos a Linha Azul. Pelo menos penso que sim!!!

 

 

Em primeiro lugar devo dizer que estava uma noite espectacular. Sem vento e sem frio.

Partindo de (F)rancelos apanhámos o comboio para Espinho, onde ainda tivemos alguma luz.

 

 

Mas a partir daí era só escuridão. Tudo negro com a noite…

 

 

Nada que nos intimidasse. Nem a falta de luz, nem os portões, nem os porteiros…

 

 

Só quando chegámos à Senhora da Pedra houve algumas manifestações de respeito pelo local e pelas práticas que é uso realizarem-se aí. Leia-se “cagaço”!!!

 

 

Mas há sempre os corajosos que resolvem ir ver. A sorte deles foi que não era dia de rituais, porque aí é que eu queria ver a coragem!!!

 

 

Chegados ao destino, foi relaxar um pouco ao som do Karaoke do bar da praia, ir molhar o pezinho no mar e… caminha porque, apesar da animação, o sono já começava a atacar.

 

Até à próxima.

publicado por montanhasdepreguica às 09:33
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 12 de Julho de 2007

DOMINGUEIRITOS EM ACÇÃO!

O projecto há muito desejado de realizar uma caminhada para os mais novos foi finalmente concretizado e saíram para o Monte os …

 

 

 

Apesar de se tratar de um grupo não organizado, os Domingueiros quando fazem… fazem!

Mas não foi fácil a sua preparação, foi necessário planear, definir, reunir os materiais e claro, pedir a preciosa ajuda da costureirinha Domingueira Tita, a quem aproveitamos para enviar um beijinho de agradecimento e que produziu os magníficos presentes a que os Domingueiritos tiveram direito no início da caminhada.

Depois, foi só divulgar… e aguardar as confirmações!

 



Ora, no dia marcado, claro que numa Estação de Serviço, lá estavam os “grandes” aventureiros preparados para a ansiada caminhada. A idade dos Domingueiritos variou entre os 10 (quase 11!) até aos 2 anos e ½ (que revelou capacidade e espírito inatos para este tipo de actividades!).

A paisagem do Buçaco é de indiscutível beleza e o dia escolhido não podia ser melhor, as imagens seguintes são, de facto de fazer inveja aos ausentes!


 

Claro que sem o famoso GPS dos Domingueiros não foi fácil encontrar o trilho a seguir… sendo que na procura do percurso escolhido foi posta à prova a resistência dos nossos amiguinhos que superaram com êxito incontestável as subidas que nos apareceram (para alguns o percurso chegou mesmo a incluir etapas de escalada para ultrapassarem algumas escadas que encontramos pelo caminho!).



As dificuldades em encontrar o percurso certo, resultou num aumento do apetite e encontrado o local ideal, estendeu-se a toalha, de tamanho “familiar” evidentemente, onde se apresentaram as melhores iguarias (sobremesa incluída!).

   

 

                    

  

 

Como não podia deixar de ser, para a posteridade, aqui ficam as fotos de grupo dos primeiros Domingueiritos acompanhados de alguns Domingueiros.

 


 

Foi uma experiência muito positiva e que deixa antever um futuro cheio de caminhadas para os mais novos, certamente com mais entusiastas e enérgicos Domingueiritos!

 

Muito bem pequenada! Estamos muito orgulhosos de vocês! Até à próxima!

 

Hey! Tu! Junta-te a nós! (brevemente teremos uma nova saída….)

 

publicado por montanhasdepreguica às 09:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 10 de Julho de 2007

Domigueiros nocturnos

Apesar da maior parte das actividades dos Domingueiros serem na montanha, não descuramos o contacto com o mar, que nos permite ouvir “o rebentamento das ondas do mar e as gaivotas a ressonar”!!!

 

Como uma caminhada pela praia durante o dia pode tornar-se bastante… concorrida, achámos que o melhor mesmo era fazê-la à noite. E está mais fresquinho!

 

Aproveitando o passadiço com cerca de 20 Km existente ao longo das praias de Gaia, iremos fazer o percurso entre Valadares e Espinho de comboio e regressar a pé pelo referido passadiço.

 

 

Este foi chamado “Linha Azul” por causa da enorme quantidade de praias com bandeira azul por onde passa (não, não foi por causa do FCP…)

Para terem uma ideia, das 17 zonas balneares do concelho de Gaia, 17 receberam bandeira azul. É obra!!!

 

 

Um artigo do Público dedicado ao assunto recomendava contudo que no “Verão não é de aconselhar que se faça o percurso ao contrário (a partir de Espinho), uma vez que teríamos que caminhar de frente para a nortada que varre esta costa quase diariamente, sobretudo a partir da tarde.”

 

 

Pronto, tinham de armar confusão. Mas quem é o Público para recomendar seja o que for? Quem é ele, vem da parte de quem?

Só para contrariar vamos mesmo fazer o percurso ao contrário e não temos medo de ninguém!

 

Vá lá, toca a andar!

 

publicado por montanhasdepreguica às 19:35
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Novo Blog

. Circo… Domingueiro

. Gredos

. Mesa dos Quatro Abades

. Beira... Domingueira!

. Serra Domingueira

. Torre, Picos e Rios

. Sabedoria Domingueira!

. SOL Domingueiro

. Chuva Domingueira

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Among.us

counter
blogs SAPO

.subscrever feeds