Sexta-feira, 9 de Maio de 2008

Mesa dos Quatro Abades

 

Em Domingo de BTT, houve quem não quisesse deixar de ir apoiar os nossos ciclistas!

Principalmente quando o percurso é o Caminho Português para Santiago de Compostela.

 

   

Aproveitando a deslocação a Ponte de Lima, os que não se aventuraram na peregrinação ou que não se sentem muito à vontade em cima de duas rodas, vão aproveitar para fazer uma “peregrinação” a pé até à Mesa dos Quatro Abades.

 

 

“O Livro do Tombo da Freguesia de Calheiros, no ano de 1775 já cita a Mesa dos Quatro Abades. Consta de uma mesa em granito que se apoia no marco divisório das freguesias do Bárrio, Calheiros, Cepões e Vilar do Monte.

O dito marco tem quatro faces onde estão gravadas as iniciais do nome da freguesia a que corresponde a mesma face.

Ao lado da mesa existem quatro assentos, também em granito, colocados de tal modo que os respectivos Abades sentavam-se dentro do seu território à mesma mesa. Daí vem o nome de “Mesa dos Quatro Abades”.

Atendendo a que São Sebastião é o advogado contra a fome, peste e guerra, o povo invocava-o contra estas pragas. Para isso, fazia o chamado “Cerco à Freguesia”.

Em dia combinado, saía da Igreja paroquial a Procissão de S. Sebastião, cuja imagem era transportada ao colo dos homens, e dirigia-se aos marcos divisórios com as freguesias vizinhas, percorrendo marco a marco até fazer o cerco à freguesia, pedindo a sua protecção para o território paroquial.

Chegados ao marco comum das quatro freguesias o povo descansava e tomava a sua refeição, sem sair do seu território.

Os Abades, que eram também Presidentes de Junta, sentavam-se nos assentos correspondentes a cada freguesia em mesa comum.

Aí discutiam, debaixo dos olhares da imagem de S. Sebastião, os litígios entre freguesias, servindo os Párocos - Presidentes de neutros moderadores. O Pároco - Presidente de Junta, sempre que o julgava necessário, ia consultar o seu povo.

No final da década de sessenta foi reconstruído o logradouro onde se situa a Mesa dos Quatro Abades pelo então Presidente da Junta, Conde de Calheiros, juntamente com os Párocos das Freguesias e a Administração Florestal, sendo repetida a tradição durante dois anos.

A partir de 1987 foi reatada esta tradição com os Presidentes das Juntas de Freguesia do Bárrio, Calheiros, Cepôes, e Vilar do Monte, realizando-se anualmente um encontro para o qual são convidadas entidades locais e onde são debatidos os problemas comuns às quatro freguesias.”

In “Jornal O Vianense”

 

Dizem que poderemos encontrar durante o percurso cavalos garranos. Espero que sim!

De certeza que iremos encontrar paisagens magníficas e vistas panorâmicas sobre o Vale do Lima.

Por isso... toca a andar!!!

publicado por montanhasdepreguica às 18:33
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Joao a 12 de Maio de 2008 às 09:01
Fui um dos BTTistas.
Percurso ora por zonas rurais, ora por zonas de montanha, muito bonito e agradavel.
O tempo esteve excelente.
Os dois quilometros que tivemos que fazer com a bicicleta às costas é que não eram necessários! :D

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Novo Blog

. Circo… Domingueiro

. Gredos

. Mesa dos Quatro Abades

. Beira... Domingueira!

. Serra Domingueira

. Torre, Picos e Rios

. Sabedoria Domingueira!

. SOL Domingueiro

. Chuva Domingueira

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Among.us

counter
blogs SAPO

.subscrever feeds